O sonho nunca morreu no coração e na alma do Inglês Harry Greves.

Motociclista aos 93 anos, Harry tinha 13 anos em 1939 e a Europa vivia sob a sombra sinistra da Segunda Guerra Mundial. Os ventos nefastos vindos da Alemanha anunciavam que em breve Hitler levaria a humanidade ao caos.

Nesse cenário, Harry viu pela primeira e única vez a Triumph Tiger 100. Foi paixão a primeira vista e, desde então, ele alimentou o sonho de um dia possuir uma. Nunca conseguiu, mas se contentaria em apenas vê – la novamente.

1939-triumph-tiger-100

Nunca é tarde quando o homem não deixa um sonho morrer, muito parecido como quando não se esquece a primeira namorada ou uma grande paixão não correspondida .

78 anos se passaram e o seu Neto juntamente com o colecionador Dick Shepherd realizaram o sonho de  Harry Greves.

Uma das coisas que mais queria ainda em vida era ver essa moto novamente. Era uma coisa que pensei ser impossível acontecer de novo então poder ver, tocar e sentar nela foi a realização do meu sonho de criança.  Não tenho como descrever com palavras…

 

Amigos nunca deixem de acreditar nos seus sonhos. Quando paramos de sonhar a nossa alma começa a morrer, viver com plenitude é bom demais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *