A Moto Chiclete: Um Lançamento Secreto.

Design sem nome

Cresci acreditando que, se engolisse um chiclete, morreria. Isso é verdade?

A principal característica desse modelo de moto é colar em carros estacionados e causar um barulho que pode custar caro quando o carro dá a marcha ré. Muitos dos problemas no trânsito poderiam ser resolvidos e EVITADOS somente por uma questão de bom senso e raciocínio lógico.

Essa cena me chamou atenção. O que levaria alguém a parar a moto tão próxima a um carro estacionado?Cerca de 40 cm apenas? Vejamos as variáveis:
 
1- Motorista volta para o carro e não olha para trás, dá a ré, sai e bate na moto.

2- Motorista volta para o carro e vê a moto mas devido a proximidade no momento de manobrar bate assim mesmo.

3- Repare que o vidro do carro tem o fumê muito escuro o que dificulta mais ainda do motorista vê a moto.

Resumo dessa tragédia em potencial: moto chiclete nada haver, pois pode virar uma bolha explosiva. O ideal é que você procure um local o mais seguro possível para estacionar a sua motocicleta. Na calçada não seria viável pois, além de ter a questão dos pedestres, você corre o risco de ser multado a qualquer momento.

Assim, ao estacionar atrás de um carro, vá sempre pela questão do bom senso. Eu aconselharia a buscar um espaço de um metro a um metro e meio de distância do carro. Caso não seja possível, podes procurar também um estacionamento específico.

Proteja o seu patrimônio e evite atritos no trânsito. A sua saúde agradece.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *